Artigos arquivados em 'InfoTec'

Economia, Gauss, Descartes, Blogues e Brutos

Economista

Após ter acabado de ler o Stardust comecei a rodar o Economista Disfarçado de Tim Harford, tal como o Freakonomics está a ser bastante agradável e cativante confeso, o Stardust aconselho sem dúvida a quem tenha uma mentalidade virada ao infantil e que goste de ser recheada, é pequeno e soberbo. Por falar em mentalidade mas já no negativo, parece que o Pacheco Pereira desanuviou a sua indignação passando assim de abrupto a um autêntico abruto, note-se: "Vamos admitir, o que não me custa nada, porque até acho que é verdade, que mais de 90 por cento do que está na blogosfera é lixo" ui ui "O que têm a dizer não é novo, é ruído, é pobre, é insignificante em termos culturais, estéticos". Vamos falar de estética num lado mais viril, alguém ousa desmentir este senhor que tem arquivos no seu templo que constam de 1990, quando a palavra blogger nem tinha ainda sido fecundada? E vocês dizem isso é querer implicar e eu respondo que é significante em termos culturais, estéticos! não sei se me faço entender…  Por exemplo este blogue não tem nada de novo a dizer, é ruído é pobre! fala mal do monopólio de software, manda umas dicas pensativas quando o dono está mais depressivo ou chove muito, mete fotos dele e que não são dele divulgando autores o que actualmente se pode considerar pirataria, faz relatos pessoais, é mordaz,  gosta de mandar uma rabanada de cultura geral para tentar ser socialmente aceitável, pensa que ainda vai escrever alguma coisa e curte problemas de lógica à brava… agora perguntem-se para que é que isto serve realmente? Para nada! Pensam que no blogue que não merece ser referido mais do que uma vez, este tipo de coisas se passa? Não sejam loucos! Termino esta posta de bacalhau com duas coisas, uma história na qual consta esta frase: "mais um aluno idiota” e penso que não será a última vez que usarei esta frase, mas já o grande Descartes dizia: Não há nada tão equitativamente distribuído no mundo como a inteligência: todos estão convencidos de que têm o suficiente

Comentar 11. Novembro. 2006

Não $e equeçam desta por favor!

anotem:

"Jim Allchin, Microsoft CEO, declarou ontem que o Windows Vista é sem dúvida o sistema operativo mais seguro alguma vez criado (…) O Windows Vista é tão seguro que uma criança de apenas 7 anos não precisa de ter um software de antivírus instalado no computador, graças ao sistema automático que permite detectar e identificar potenciais problemas"

fonte: CDRWXP

Alguém que informe o dito senhor que já existem há muito tempo sistemas operativos que não precisam de antivírus para desenvolverem produtividade e diversão, informem-no também que é no mínimo infantil, senão arrogância, assumir que uma coisa que ainda nem sequer está pronta como a mais segura alguma vez criada. Faz me lembrar as apreensões de droga, são sempre as maiores e nunca sabemos o que lhes acontece.

3 respostas 10. Novembro. 2006

Duas maneiras de ética, o utilizador escolhe

Estava na minha leitura diária achei o titulo deste artigo da IDG Now! interessante pelo facto de usar a palavra comprometer, mas foi no fim que achei um excerto que gostaria de partilhar com todos e que diz o seguinte:

Tanto o Firefox 2 como o Internet Explorer 7, navegador rival desenvolvido pela Microsoft, estão sob pesados ataques de analistas de segurança.

Ambos os fabricantes contestaram alegações de falhas de experts. A Fundação Mozilla disse que um problema reportado com o Firefox 2 foi corrigido na versão anterior, enquanto o segundo alerta para uma brecha cuja exploração não pode ser replicada.

Já a Microsoft alegou que o alerta apresentado pela consultoria Secunia como a segunda brecha no IE7, onde uma janela pop-up pode activar códigos maliciosos, não é um bug, mas uma nova função do aplicativo.

Hoje não digo aos utilizadores para redescobrirem a Internet e mudarem de navegador, mas sim para decidirem qual é a ética que serve os vosso princípios, sim porque o Software é também uma questão ética. Pensem seriamente nisso.

Comentar 6. Novembro. 2006

Sobre o cartão único

para quem quiser ler o parecer sobre o futuro cartão… não perde mesmo nada…

Comentar 2. Novembro. 2006

Cultura? iPOD (ai perde) …

Ipod

Estava eu ontem a ler o artigo da revista Única denominado iPODMania quando dei de caras com um comentário de duas entrevistadas (mãe e filha) que me deixou perplexo e qual já passarei a citar. Apesar de ter oferecido um iPod à minha mais que tudo, nunca fui muito com a onda iPod, primeiro porque não vejo grande vantagem no leitor comparativamente com a grande oferta actual que o mercado tem, segundo e embora muitos façam disso um peso grande, não acho as linhas exteriores do leitor nada de soberbo embora aqui entre o factor gosto e gostos não se discutem. O iPod na minha opinião é uma moda, uma moda que pegou e como tantas outras não segue por vezes uma lógica lá muito coerente no motivo pelo qual as pessoas se ajustam a ela, ter um iPod é o pequeno passo dos comuns na adaptação ao mundo Apple, e como é conhecido esse mundo não é acessível para o bolso de muitos. O problema neste mundo digital é curioso no facto de que quanto piores ficam os produtos, mais as pessoas tendem gostar deles, estou a falar da introdução dos processadores Intel nos Macs e consequentemente do DRM da loja iTunes, é com este tópico que quero acabar o artigo citando o que li:

Como «experts» do mercado de «gadgets» sabem que os leitores de MP3 de outras marcas, como a Creative ou Denver – de formato compatível com os PC da Microsoft – são a alternativa mais barata e popular aos iPod. Mas ambas torcem o nariz ao sucedâneo. Argumento número um: o design e a qualidade de som do iPod merecem todos os euros e cêntimos a mais. Argumento número dois: a concorrência permite os «downloads» ilegais em sites como o Kazaa, um crime que condenam com veemência. «Só descarrego música no «site» iTunes. E pago 99 cêntimos por cada uma…» assume.

 Dá que pensar tanta imperícia em tão poucas palavras. O factor subjectividade.

Comentar 30. Outubro. 2006

De Drake para Edgy é hoje

Enquanto vejo os Gatos na RTP1 e porque hoje há menos engarrafamento nos servidores, ele actualiza-se. Estamos a falar de actualizar o sistema operativo e todo o software contido nele coisa a que os utilizadores gerais estão privados por vontade própria, digo eu. Só de pensar que esta semana tem um feriado até fico mais bem disposto apesar de me doer a cabeça hoje, para ler fica a revista Única desta semana num artigo sobre a febre Ipod e em rede (mas também no Expresso) o artigo do Paulo Querido sobre este pequeno grande mundo… 

Comentar 29. Outubro. 2006

uma mala e 5 pins, alguns personalizados

Mala

4 respostas 27. Outubro. 2006

IE7 e vão duas!

Prometo que não faço mais comparações tão cedo, mas está descoberta a segunda falha do IE7, deste lado eu brinco com o dicionário Português (pt-PT) que o Firefox brindou, se dantes era bom agora é delicioso. Aos utilizadores amigos do IE fica a sugestão de duas páginas para favoritos: http://secunia.com/ & http://www.frsirt.com/ é possível que nos próximos tempos vos mantenham actualizados (sem ser mensalmente). Confesso que não consegui resistir…

Comentar 25. Outubro. 2006

Thunderbird 2? Só em Dezembro

Ah pois! Desta vez o Firefox vem para a festa sozinho, como se pode comprovar.

Comentar 24. Outubro. 2006

Artigos Seguintes Artigos Anteriores


Programa

Junho 2024
S T Q Q S S D
« Dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Artigos por Data

Artigos por Categoria